quarta-feira, 1 de julho de 2015

Governo do Maranhão abre inscrições do Programa CNH Jovem

“Os custos para tirar a carteira são muito altos e por não terem como desembolsar os valores, muitos jovens acabam por dirigir sem habilitação, pondo sua vida e de outras pessoas em risco. Estou apenas aguardando iniciar as inscrições para fazer a minha”, afirmou Natália Melo, de 19 anos, sobre o programa CNH Jovem do Governo do Estado que vai emitir gratuitamente carteiras de motorista para jovens egressos de escolas públicas. Natália está entre os jovens maranhenses que aprovaram o programa e disseram estar na expectativa para fazer a inscrição e aguardar o resultado.

“O programa CNH Jovem é uma ótima iniciativa. Sabemos que hoje a carteira de habilitação é muito importante, tanto para melhorar o currículo na hora de conseguir um bom emprego, quanto para evitar acidentes, pois estarão mais preparados para conduzir um veículo”, concluiu Natália Melo que também é membro da Pastoral da Juventude.

Para a edição 2015 do CNH Jovem, serão oferecidas duas mil carteiras de motoristas. Metade dos contemplados serão aqueles com melhor desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em 2014. Outra metade será definida por sorteio. Os interessados em concorrer, como a jovem Natália Melo, já podem se inscrever. O período de inscrições, que se darão exclusivamente pela internet, começaàs 8hdesta quarta-feira (1º)e seguem até o dia 31 de julho. O formulário eletrônico pode ser acessado no site do Departamento Estadual de Trânsito (Detran)em página específica do CNH Jovem:www.detran.ma.gov.br/cnhjovem.

“O Governo do Estado está investindo mais de R$ 3 milhões na implantação do CNH Jovem. Nosso objetivo maior é reduzir a ilegalidade e, consequentemente, diminuir a quantidade de acidentes de trânsito”, afirma o diretor-geral do Detran, Antônio Nunes.

Já a secretária de Estado da Juventude, Tatiana Pereira, ressalta que o programa CNH Jovem reforça o compromisso do governo Flávio Dino de garantir melhores condições de vida aos jovens maranhenses. “O CNH Jovem é um programa estrutural que vai garantir além da legalização dos condutores, novas opções no mercado de trabalho, incentivando os jovens a concluir também o Ensino Médio, a fazer o Enem e, por fim, contribuir com a redução da mortalidade juvenil em acidentes de trânsito", afirmou a secretária.

Além de Natália Melo, muitos jovens aguardavam ansiosos pela abertura do período de inscrições do programa. “A juventude precisava dessa oportunidade, principalmente os jovens de áreas periféricas e rurais, que vivem em estado de pobreza e não têm nenhuma condição de tirar a carteira de habilitação. Ter uma CNH representa oportunidade de emprego e renda para si, e para sua família”, explica Jeane Ribeiro, membro do Fórum Nacional de Juventude Negra/Maranhão.

Procedimento de inscrição

A inscrição no CNH Jovem é gratuita. Ao preencher o formulário, o candidato deverá informar seus dados pessoais, residenciais, o número da inscrição do Enem, escola onde concluiu o Ensino Médio, cadastrar uma senha pessoal, e-mail para contato e assinar as declarações de veracidade, previstas pela Portaria nº 503 do Detran, que regulamenta os critérios e procedimentos operacionais do CNH Jovem.

A lista dos jovens selecionados pelo programa CNH Jovem será divulgada no dia 12 de agosto (Dia Internacional da Juventude), data em que o Governo do Estado receberá da Caixa Econômica Federal a relação dos sorteados pelo sistema da Loteria Federal. 

Depois de divulgada a seleção, os jovens terão o período de 20 de agosto a 30 de setembro, para comparecerem à sede do Detran, ou a um dos postos avançados ou em uma das 15 Ciretrans, munidos dos documentos exigidos no programa, para realizarem a abertura do Cadastro RENACH, momento em que será feita a opção pela categoria em que pretende obter a Permissão para Dirigir – PD, dentre aquelas contempladas no Programa: A, B ou AB.

Festa de São Marçal movimenta comércio e atrai milhares de pessoas

Milhares de pessoas estiveram no bairro do João Paulo nesta terça-feira (30) para celebrar o encontro de bois de matraca do Dia de São Marçal. Cerca de 20 grupos passaram pela Avenida João Pessoa e mantiveram uma tradição de fé e devoção que já dura 88 anos. Neste ano, homenagens especiais foram feitas a Humberto de Maracanã, falecido em janeiro deste ano, e a José Costa Reis "Chiador", que tem 76 anos e é cantador do Boi de Ribamar há 21 anos.

A festa do encontro de bois de matraca ocorre todos os anos por vontade e amor à tradição dos próprios grupos, com organização do Instituto São Marçal e apoio do Governo do Estado, que ofereceu dois palanques, estrutura de som, 50 banheiros químicos e segurança da Polícia Militar, que colocou pontos estratégicos de observação para melhor monitoramento da festança. Neste ano, o Instituto São Marçal também distribuiu 120 troféus aos amos e diretorias de bois de matraca participantes, como forma de também homenagear aos grupos.

Diversos bois de matraca tradicionais passaram pelo local como os de Maracanã, Matinha, Ribamar, Maioba, Riso Mocidade de Timon, Estrela Dalva da Vila Vitória, Itapera de Maracanã, Iguaíba, Juçatuba, Itapera de Icatu, do Maiobão, da Mata e de Santana. Para o presidente do Instituto São Marçal, é uma festa tradicional que deve ser mantida pela eternidade. "Quem realiza a festa são eles, nós do instituto só organizamos. Qualquer grupo de matraca pode vir e fazer suas toadas, pois é uma confraternização dos bois de matraca em homenagem a São Marçal", disse, também acrescentando que a tradicional feijoada feita e distribuída aos brincantes em parceria com o 24º Batalhão de Infantaria Leve reuniu 30 quilos de feijão, além dos ingredientes.

Um dos homenageados, Chiador, estava emocionado por estar no local, em mais um ano de encontro de bois. Segundo sua esposa, Rosa Pereira dos Reis, de 66 anos, foi um ano difícil para o antigo cantador, que está com Mal de Alzheimer e tem problemas de diabetes, do coração e próstata, precisando passar por exames toda semana. Porém sua disposição em estar no meio dos bois nunca passou. "Desde janeiro, quando começaram os ensaios, todo dia ele perguntava se já era sábado, só para participar e estar junto. Ele está muito feliz aqui, se lembra e canta de várias toadas, e se não fosse a gente pra cuidar, já estaria no meio povo", afirmou Rosa.

A festa contagiou muito os presentes, que com suas matracas, fazem questão de cantar e fazer parte das toadas. O aposentado Manoel Marinho, de 77 anos, marca presença há oito anos e declarou ser grande fã do Boi de Maracanã, dizendo que "só Deus sabe" do quanto ele gosta da festa.

Trabalho e renda

O evento também foi uma ótima oportunidade para os comerciantes locais. No ano passado, o dinheiro que conseguiu na venda de churrasquinhos na festa de São Marçal possibilitou à vendedora Francisca Silva, 51 anos, reformar uma parte da sua casa. Este ano, ela já mira a ampliação da residência. "Já faz mais de 20 anos que vendo churrasquinhos em São Marçal. A hora que tem mais movimento é no final, perto de terminar, quando o pessoal que é fã do Boi da Maioba já está com fome", completou a experiente comerciante.

A festa de São Marçal também é uma ótima chance de lucro para bares e restaurantes do João Paulo. Segundo Samara Prazeres, de 42 anos, que ajudava sua mãe Bernadete Barroso no Restaurante Dona Beta, em dias normais, a quantidade de mocotó vendido chegava a 8kg, mas em Dia de São Marçal, são preparados 15 kg. "O comércio daqui, no geral, é muito beneficiado, porque fica muito mais movimentado. Em dias comuns, vendemos apenas três grades de cerveja, mas hoje vendemos mais de 40 grades", comentou a Samara.   

São João de Todos deixa saudades

Milhares de pessoas passaram pelos mais de 20 arraiais e pontos de cultura nesta segunda-feira (29). Ao longo da programação organizada pelo Governo do Estado, quase mil grupos folclóricos – entre grupos de bumba meu boi, tambores de crioula, quadrilhas juninas, danças do coco, cacuriás, danças portuguesas e shows musicais – estiveram nos palcos e nas praças do São João de Todos. A média foi de seis apresentações por noite em cada um dos arraiais. O sucesso do ‘São João de Todos” deixou o público com saudades.

Em todos os pontos culturais do festejo junino promovido pelo do Governo do Estado, a tônica foi a variedade da programação, geração de trabalho e renda e o conforto do público, que satisfeito, aprovou o que viu. Pontos tradicionais de apresentações culturais foram recuperados, como o Ipem e o Parque Folclórico da Vila Palmeira, que receberam os arraiais de referência Donato Alves e Humberto de Maracanã, justa homenagem aos grandes ícones da cultura maranhense, falecidos em 2014 e 2015, respectivamente, além de Mestre Apolônio, que faleceu também este ano e deu nome ao Arraial da Praça Maria Aragão.

No Arraial Humberto de Maracanã, na Vila Palmeira, famílias inteiras puderam, além de apreciar as apresentações, usufruir das mais de 20 barracas de comidas típicas, de um parque de diversões, do conforto de banheiros químicos limpos. O consumidor teve acesso a produtos de vendedores que receberam concessões do Governo Estadual para conseguir renda extra no período, a exemplo de Ubiratan Santos, conhecido como “Maioba”, que vendeu 30 chapéus enfeitados durante o São João. Ele falou, que tudo correu bem nas festas deste ano e ressaltou a reforma feita no Parque Folclórico. “A reforma facilitou minha vida e da minha esposa, foi fácil entrar aqui. E as vendas foram muito boas, terminei de vender tudo no domingo e estou no meu dia de folga pra ver as brincadeiras. Gostei muito da programação, muito variada, cada dia uma coisa diferente”, falou, com empolgação.

Em todos os dias de São João, os vários pontos culturais e arraiais espalhados pela cidade facilitaram muito a vida dos moradores de diversos bairros, garantindo acessibilidade para pessoas de todas as classes. Quem ficou muito gratificada com o arraial de referência da Vila Palmeira foi a pescadora Ildenê Costa Pontes, que mora no bairro Santa Júlia, no entorno do local. Satisfeita, ela disse que demorava apenas quinze minutos a pé pra chegar ao arraial. “Eu amei tudo, principalmente pela segurança. Todos estão falando que está ótimo, muito organizado, muito seguro, e dá pra ver isso até pela quantidade de crianças que tem aqui”, completou.

Confirmando a observação de Ildenê, a autônoma Keiliane Matos, de 22 anos, carregava seu filho de apenas quatro anos, Davi dos Santos, no colo. Vinda da Divinéia, ela disse que queria estar em um grande arraial e escolheu o Arraial Humberto de Maracanã, por ser mais próximo. “Está ótimo o arraial e neste aqui dava para vir com meu filho. Aqui a gente se sente seguro e é bom trazê-lo aqui, para ele ver a brincadeira e gostar da cultura do nosso estado”, afirmou. 

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Agora Lascou Arraial Maldito foi considerado O pior do Nordeste, “isto” é o arraial oficial do município de Raposa


11653434_877577458989091_1615062088_n
Enquanto milhares de pessoas lotam os diversos terreiros juninos espalhados pelos municípios que compõem a Região Metropolitana de São Luís, a população de Raposa não tem o mesmo privilegio e tem como opção uma penumbra instalada no Porto de Braga apelidado de Arraial.
A prefeitura que deveria organizar a festa junina alega que não possui recursos para custear um Arraial, que segundo  aliados é muito caro.
Restou ao irmão do Presidente da Câmara, o promoter Edinaldo da Silva Barros, conhecido popularmente como “Dim”, ficar na organização do período junino em detrimento da Prefeitura local, que mais uma vez fugiu da responsabilidade.
O titular do blog esteve no local que está sendo apelidado na Cidade de “Arraial do Pânico” por uns e “Arraial Maldito”, por outros. Sem estrutura, o espaço foi ‘implantado’ em cima de uma quadra de beach soccer (futebol de areia) num terreno de propriedade do município localizado na Rua da Paz, ao lado do CIMAR – Centro de Instrução do Mar, no Porto do Braga.
Areia no meio da canela, banheiros inapropriados sem as minimas condições de higiene e barracas sem qualquer padronização, revelam que o Arraial não passa de uma imundície, que nem de longe é digno de receber os cidadãos raposenses que buscam a origem da festa junina, nas histórias, tradições, festejos e comidas típicas.
Ao blog, Dim Barros justificou que a falta de estrutura do local é consequência do Prefeito Clodomir de Oliveira(PRTB) não ter apoiado a causa. “Até a fiação elétrica que a Prefeitura prometeu não chegou no Arraial. A decoração também não tem pela falta de recurso, a medida que eu ganho dinheiro com a venda de bebidas compro o que está faltando”,disse.
okok1Sobre a programação com as brincadeira juninos tipo danças portuguesas, cacuriá, bumba meu boi e quadrilha que enche de brilho os arraiais dos demais município, “Dim” explicou que não existe cronograma de apresentação. Mas revelou que possuiu liberações (laudos) tanto do corpo de bombeiros, quanto do CREA –  Conselho Regional de Engenharia.
“Isso é uma vergonha, a Prefeitura alega que não tem dinheiro para organizar uma arraial decente, mas a primeira dama esbanja uma Toyota Hilux SW4 de cor branca na sua garagem”, disse a doméstica Irenice Silva, 42 anos, moradora do bairro do Inhaúma.
O blog tentou contato com o secretário de Cultura, Jose Santos Sousa, no entanto, as ligações não foram atendidas. O assessor chefe de comunicação da Prefeitura, senhor Udes Filho, até atendeu a ligação mas não quis falar sobre o assunto.
Do: Blog Gilson Vieira

Aberta as inscrições para a eleição dos novos conselheiros tutelares de Raposa

O CMDCA [Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente], no uso de suas atribuições legais, conforme preconiza a Lei Federal nº 8.069/90 – ECA, revogada pela Lei 12.696 de 25 de julho de 2012; pela Resolução nº 170/2014 do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente – CONANDA, pela Lei Municipal nº 111 de 2006, revogada pela Lei 254/2015, torna público o lançamento do Edital nº 01/2015, para o processo de escolha dos membros do Conselho Tutelar para o período de 2016 a 2019.
O Edital nº 01/2015 está disponível, por meio impresso, na sede do Conselho Tutelar de Raposa , situado na Rua da Glória, s/nº – Centro; de segunda a sexta-feira; das 8:00 às 12:00hs; de 22/06 a 03/07/2015; e por meio eletrônico, nos blogs locais, no mesmo período citado acima.
Período das inscrições: de 23/06 a 10/07/2015.

domingo, 28 de junho de 2015

Maranhão, seis meses de mudanças

Por Flávio Dino
Advogado, 46 anos, Governador do Maranhão. Foi presidente da Embratur, deputado federal e juiz federal
Manter a fidelidade ao nosso Programa de Governo, construído pelo povo e aprovado nas urnas no ano passado, tem sido a linha-mestra das ações que adotamos na administração do Estado. Fazemos isso para recuperar o tempo perdido devido a décadas de patrimonialismo político que, ao dedicar-se integralmente a negócios privados e interesses familiares, esqueceu de garantir ao povo do Maranhão as conquistas alcançadas em todo o país, em face da ampliação dos direitos sociais ao longo do século passado. A verdade é que a má política negou aos maranhenses o acesso ao ciclo de direitos sociais, como é retratado pelo terrível IDH que possuímos.
Em seis meses de Governo que se completarão esta semana, o Maranhão deu passos importantes em direção ao desenvolvimento com justiça social. São iniciativas que abrangem desde o incentivo à produção familiar, com o início da implantação dos “sisteminhas” produtivos, até a recuperação asfáltica em aproximadamente 20 cidades pelo Programa Mais Asfalto e outras 20 rodovias intermunicipais atualmente em obras. Em junho, finalizamos o primeiro ciclo do Mutirão Mais IDH, chegando a São João do Caru. No total, foram realizados aproximadamente 70 mil expedições de documentação para garantia de direitos e 120 mil atendimentos em Saúde nos 30 municípios foco do programa.
Ações como essa recebem repercussão positiva em todo o Brasil e em organismos internacionais importantes, como o efetuado pelo embaixador da Organização das Nações Unidas (ONU) no Brasil, Jorge Chediek, a quem agradeço pelo apoio dado à causa do combate à pobreza no nosso território. Ele esteve no Maranhão recentemente para conhecer os primeiros projetos focados na redução das desigualdades sociais e, ao saber detalhes do Plano de Ações “Mais IDH”, destacou o esforço de toda a nossa equipe em promover justiça social no Estado.
Em outra vertente, estamos adotando medidas econômicas anticíclicas para enfrentar a crise por que passa o país, aumentando os investimentos e garantindo reajuste salarial aos servidores públicos, dentre os quais destaco os professores que receberam 13% de aumento e hoje têm uma das melhores remunerações do país; e os policiais, que tiveram a maior readequação salarial da história no Maranhão, com aumentos e promoções.
Também reduzimos impostos com o programa “Mais Empresas” e sancionamos esta semana a nova tabela do SIMPLES, estimulando o empreendedorismo e fazendo com que nosso Estado venha quebrando recordes na criação de empresas. Nos primeiros cinco meses do ano, 11.658 novos negócios foram gerados, mostrando que estamos lutando juntos contra a crise nacional e internacional, que atingiu fortemente vários setores exportadores.
E vem muito mais por aí. Nesta semana, vamos oficializar a criação do Cartão do Programa Bolsa Escola, que em janeiro de 2016 concederá, com recursos do Tesouro Estadual, uma espécie de 13ª parcela para que os beneficiários do Bolsa Família, que tenham filhos alunos de escolas públicas, possam comprar material escolar de qualidade para utilizar ao longo do ano. Essa é uma medida que visa beneficiar não apenas a educação dos mais pobres, mas que também dinamizará a economia regional e aquecerá os pequenos comércios, já que o consumo das famílias chegará, em janeiro, a cerca de R$ 65 milhões adicionais, exclusivamente com material escolar.
À medida que vamos avançando na implementação de políticas sociais, benefícios tributários, investimentos e obras, os maranhenses vão fortalecendo a certeza de que estamos no caminho certo. Aqui, agradeço aos 74% dos maranhenses que registram em pesquisa aprovar esse novo projeto de desenvolvimento que vai se consolidando, passo a passo, em nosso Estado. Vamos continuar mobilizando toda a energia cívica possível para que o Maranhão se encontre com seu verdadeiro destino, no qual haja oportunidade para todos. É esta causa que nos movimenta!

sábado, 27 de junho de 2015

Santa Inês: lançado CD de Festival de Toadas

Alves fala do projeto de gravação do CD
Alves fala do projeto de gravação do CD
A última quarta-feira (24) foi um Dia de São João que ficará marcado na cultura do município de Santa Inês.
Nesta data, o prefeito Ribamar Alves presidiu a solenidade de entrega do CD com as músicas participantes do primeiro Festival de Toadas de Santa Inês.
Primeira-dama Luana Alves entrega os kits a um dos boieros
Primeira-dama Luana Alves entrega os kits a um dos boieros
– O festival de toadas veio para fortalecer ainda mais os valores da nossa cultura. Estão de parabéns todos os envolvidos no projeto e principalmente os que fazem as nossas tradições manterem-se vivas e passando de geração para geração – enfatizou Ribamar Alves.
A festa de entrega aconteceu no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), localizado na Rua Nova, Centro de Santa Inês, onde além do prefeito estiveram presentes a primeira-dama Luana Alves; secretários e diretores de departamentos municipais de Santa Inês e também o secretário de Cultura de Pindaré-Mirim.
Participantes das brincadeiras estiveram no evento
Participantes das brincadeiras estiveram no evento
O Festival de Toadas aconteceu no final do mês passado, onde das 20 canções inscritas, 12 classificaram-se para a final.
Estas toadas constam no CD lançado na última quarta-feira.
Com informações da Ascom/Sana Inês

Governo convoca mais 2.294 candidatos aprovados na primeira fase do concurso da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Maranhão

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Gestão e Previdência (Segep), convocou nesta quinta-feira (25) mais 2.294 candidatos aprovados na primeira fase do concurso público para soldado da Polícia Militar e soldado bombeiro Militar. Os convocados agora farão o teste de aptidão física (TAF).

Do total de convocados, 1.884 são candidatos àsoldado da Polícia Militar e 410 a soldado do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão. Após o TAF, para garantir a aprovação final, eles ainda passarão por teste psicotécnico, exames médico e odontológico, investigação social e curso de formação.

432 já estão no curso de formação

A convocação dos candidatos à Polícia Militar e ao Corpo de Bombeiros faz parte da política fortalecimento e ampliação do Sistema de Segurança Pública do Governo do Maranhão. Por determinação do governador Flávio Dino, logo no início deste ano, mil candidatos do mesmo concurso foram convocados. Destes, 432 já estão na fase do curso de formação.

“Estamos cumprindo aquele compromisso assumido no dia 1º de janeiro. Vamos ampliar cada vez mais a presença da polícia na vida da população, visando garantir a paz e o respeito às leis”, afirmou o governador Flávio Dino sobre a convocação.

Edital de convocação

Para conferir o edital de convocação, a respectiva relação de convocados e o cronograma de execução das demais etapas do concurso, os candidatos deverão acessar o site da Fundação Sousândrade www.fsadu.org.br/concursos ewww.sousandrade.org.br/concursos.

O TAF para os novos convocados será realizado em São Luís, no período de 15 a 27 de Julho, no Núcleo de Esportes da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), no Campus do Bacanga.

Veja o link específico para o edital de convocação éLinks do edital de convocação: http://www.fsadu.org.br/concursos/proc/motor.php?modulo=info&cconc=a58149d355f02887dfbe55ebb2b64ba3

Alcântara comemora festas juninas com novas estradas,escolas e avanços no turismo, cultura e na produção rural




Os alcantarenses têm muitos bons motivos para comemorar as festas juninas deste ano. Junho, mês do dia dos namorados e de São Pedro, São João e São Marçal, também foi o período em que a Prefeitura de Alcântara (MA) entregou aos moradores as novas estradas de acesso à região das Praias e à Canelatíua, avançou na construção das novas escolas dos povoados de Cujupe e Oitíua e garantiu ainda outros importantes avanços.

            Segundo o Prefeito Domingos Araken (PT), em junho, a Prefeitura também avançou  a distribuição de mais de 12 toneladas de sementes de milho, arroz e feijão aos agricultores familiares do município. Araken destacou ainda os avanços no turismo e a na produção cultural. “Inserimos Alcântara na Rota das Emoções, programa do Sebrae que  estimula o turismo e a geração de renda local e realizamos mais um grande São João”.

            O secretário municipal de turismo, Nailton Lobato, participou do III Salão de Turismo da Rota das Emoções, realizado neste mês, em Jericoacoara. “Integramos agora os roteiros complementares no Polo São Luís, que contempla os municípios de São José de Ribamar, Raposa, São Luís e Alcântara”, disse Lobato. E as boas notícias continuam: “Fechamos negócios com os receptivos Ponto a Ponto, Gekos, Inovar Turistas, Caravelas Turismo e outras empresas que operam o roteiro turístico de Alcântara”, disse Lobato.

Turismo.

A Rota das Emoções interliga os estados nordestinos do Maranhão, Piauí e Ceará e envolve 15 municípios. No Maranhão, os municípios que integram a Rota são Barreirinhas, Paulino Neves, Araioses, Tutóia e Santo Amaro. A Prefeitura de Alcântara expôs no Salão seus atrativos turísticos e agora faz parte da Rota das Emoções. Do turismo para a produção rural. Em junho, Alcântara intensificou a entrega de sementes.

            “Distribuímos neste primeiro semestre mais de 12 toneladas de sementes para aumentar a produtividade dos nossos agricultores familiares. Em parceria com o Governo do Maranhão, distribuímos em Alcântara duas toneladas de sementes de feijão, seis de milho e quatro de arroz”, disse o secretário municipal de Agricultura Familiar, Produção e Pesca, Aniceto Pereira. E até setembro serão inauguradas as escolas de Cujupe e Oitíua.

            “Cada uma dessas escolas terão seis amplas e modernas salas de aulas e toda a infraestrutura física, administrativa e pedagógica necessária para o bom rendimento dos alunos e educadores em sala de aula”, disse Araken. Em junho, o município também ganhou o inédito regimento próprio de aposentadoria dos servidores municipais. “O Alcântara Previdência agora é realidade. 15 servidores já foram aposentados pelo novo regime de aposentadoria”, disse Araken. E as festas juninas continuam até o final do mês.

Arraial

Depois de realizar com sucesso a melhor Festa do Divino de todos os tempos, a Prefeitura de Alcântara instalou no belíssimo cenário da Praça da Matriz, o Arraial de Todos os Santos, onde todas as noites se apresentam artistas locais e grupos folclóricos, a exemplo das danças portuguesas: Majestade de Portugal, Flor de Portugal, Sonho de Portugal, Coroa de Lisboa, Lírios de Bacutiruba e mais, o Cacuriá Alegria da Vila Airton, a dança de Boiadeiro Alegria de Alcântara, quadrilha Sorriso de Alcântara, Boiadeiro Encanto de Alcântara, Forró de Caixa e o Bumba meu boi Brilho de São João.

Últimos dias de festejos juninos são os mais esperados e devem atrair milhares de pessoas para os arraiais e encontros de bumba meu boi

A temporada junina está terminando, mas tudo indica que a festa vai ter um encerramento grandioso. Para o último fim de semana de junho, somente nos três principais arraiais entre os 20 organizados pelo Governo do Estado, a expectativa da Secretaria de Estado da Cultura (Secma) é que o público supere a marca de 400 mil pessoas. O Arraial do Ipem é um dos mais procurados. Mais 400 mil pessoas são esperadas nos festejos de São Pedro e São Marçal, tradicionais encontros dos grupos de bumba meu boi.

Resgatado após dez anos fora do circuito junino, o antigo Arraial do Ipem atraiu um grande número de pessoas nesta sexta-feira (26). Com segurança e muita tradição, as atrações juninas conquistaram o público, que assistiu, entre tantas apresentações, à do Boi de Nina Rodrigues. 

O governador Flávio Dino, que esteve entre os brincantes, destacou o brilho da festança junina no Maranhão. "Agora, a alegria se intensifica em todos os arraiais. Trata-se de um momento ímpar no Brasil, no qual os maranhenses se enfeitam, dançam e espalham poesias até o fim do mês de junho, quando a festa culmina na homenagem a São Marçal, no João Paulo", destacou o governador.

Na avaliação da secretária de Estado da Cultura, Ester Marques, o Arraial do Ipem foi uma das grandes realizações do governo neste São João. “Retomamos espaços que historicamente eram integrados à programação junina do Governo. Deste modo, representam parte importante da devolução da autoestima da população, que pode contar com novos e adequados espaços para aproveitar as festas juninas, como no Ipem e também no Parque Folclórico da Vila Palmeira”, afirmou.

Tradição vai reunir milhares de pessoas

Na próxima segunda-feira (29), e na terça (30) acontecem dois importantes momentos dentro dos festejos juninos, a Festa de São Pedro e a de São Marçal, respectivamente.

Para o festejo no Largo de São Pedro, na Madre Deus, o público estimado é de 100 mil pessoas e mais de 200 grupos de bumba meu boi de zabumba, muitos deles do interior, que se despedem da temporada junina de 2015 levando a benção do Santo Padroeiro dos Pescadores.


Já nas primeiras horas do dia 30, terá início a 88 ª Edição do Festejo de São Marçal, que reunirá mais de 25 grupos de bumba meu boi de matraca, no bairro do João Paulo. Neste dia são esperadas mais de 300 mil pessoas, que passarão pela Avenida São Marçal ao longo de todo o dia.

Roubos em ônibus têm redução de 46%, aponta Sindicato das Empresas de Transportes


O mês de junho de 2015 registrou queda de 46% nas ocorrências de roubos a coletivos, em relação ao mesmo período no ano passado. O Governo do Estado, através da Secretaria de Segurança Pública, colocou em ação a Operação Catraca, que consiste em rondas nos coletivos para evitar assaltos a ônibus e garantir tranquilidade e segurança aos usuários do transporte público na Região Metropolitana de São Luís.

Segundo o balanço feito pelo Sindicato das Empresas de Transportes de São Luís, entre os dias 1º e 25 de junho de 2015 houve queda de 46% nos roubos a coletivos em relação ao mesmo período do ano passado e queda de 78% em relação ao mês de junho de 2013. O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, afirma que a Operação Catraca continuará com ações preventivas para evitar assaltos e roubos nos ônibus que rodam em São Luís.

Através de blitz, revistas, busca de armas e drogas a Polícia Militar tem desenvolvido um trabalho que visa combater a violência nos coletivos.  A operação responsável pela segurança nos coletivos é chamada de Operação Catraca e faz parte de uma série de ações integradas da Segurança Pública para combater os principais tipos de crime na Região Metropolitana.

Dados da capital revelam que o último trimestre observou uma grande diminuição no número de roubos em coletivos no total. O levantamento do Sindicato mostra que em relação a abril deste ano, o mês de junho registrou uma queda de 67 ocorrências (abril) para 14 (em junho), o que corresponde a redução de 79% na quantidade de crimes nos coletivos. O governador Flávio Dino assegura que ações de prevenção e combate à criminalidade continuarão a promover cada vez mais segurança a toda à população.

Número de homicídios também é menor

O número de homicídios registrados no mês de maio também é menor, se comparado com as ocorrências no mesmo mês do ano passado, além de aumento da quantidade de armas apreendidas em todo o estado, se comparamos os dados com o mesmo período do ano passado. 
A variação é de 13% em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2014, foram registrados 71 homicídios dolosos na capital enquanto em 2015, esse número caiu para 62.

Entre janeiro e maio de 2015, foram apreendidas 554 armas durante as prisões e operações realizadas pela Polícia Militar. Esse dado revela a saída das ruas de armamento ilegal e potencialmente perigoso.

sábado, 20 de junho de 2015

CORONEL DA PMPI ALÍPIO É HOMENAGEADO COM A MEDALHA BRIGADEIRO FALCÃO


Na noite de quarta-feira (17), no Quartel do Comando Geral da PMMA, Calhau, São Luís, o coronel da Polícia Militar do Estado do Piauí, Alípio José de Melo Castelo Branco Júnior, foi condecorado com a maior comenda da Polícia Militar do Estado do Maranhão, a Medalha Brigadeiro Falcão, alusivo ao aniversário dos 179 anos por bons serviços prestados a instituição. A honraria foi concedida pelo Cel. Heron Santos, Corregedor Adjunto de Polícia Militar do Maranhão.
O coronel Alípio Castelo Branco, ingressou na PMPI em 1986, fez o Curso de Formação de Oficiais na Academia de Polícia Militar General Edgard Facó – CE. Militar por convicção e de conduta ilibada sempre desempenhou sua profissão com afinco e determinação. Com seus 29 ano de caserna exerceu diversos cargos podendo discorrer algumas onde foi comandante das cidades de Parnaíba, Corrente, Picos, Floriano; comandou o Grupo de Operações Especiais - GOE, sendo o primeiro oficial do Piauí a fazer o curso de operações; conduziu também o Curso de Formação e Aperfeiçoamento de Praças – CFAP e dentre outros; hoje está como Assessor Parlamentar do Comandante Geral da PMPI, função que lhe foi conferida com muita honra. Por onde passou deixou marca registrada com o seu brilhante trabalho, reduzindo principalmente à criminalidade do seu estado.

“É uma honra muito grande ser agraciado com a medalha “Brigadeiro Falcão”, indicado pelo meu amigo Cel. Heron Santos, na qual tive oportunidade de trabalhar com ele em operações conjunta quando comandante da cidade de Timon. Isso demostra o reconhecimento, relacionamento e a integração que até hoje perdura entre a polícia do PI e MA. Por fim, ressaltou que esta árdua missão visa um só propósito, coibir e reduzir o índice de criminalidade que aterroriza a nossa sociedade “concluiu Alípio Castelo Branco.

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Secretário de Segurança profere audiência Pública em Itapecuru


Em audiência pública realizada nesta segunda-feira (15), por volta das 14h no município de Itapecuru Mirim, o Secretário de Segurança Pública Jefferson Portela se dispôs juntamente com membros da cúpula da segurança pública a repassar informações de uma serie de inovações para o aparelhamento com a segurança do município, entre elas a entrega da nova sede da Delegacia Regional de Itapecuru Mirim e o Centro de Ressocialização do município. O secretário também atentou para com as necessidades repassada pela comunidade e se comprometeu prontamente em atender e melhorar os problemas na pasta da segurança pública.
A audiência pública contou com diversas autoridades presentes para anuncia novas diretrizes em benefício para a comunidade e ainda a entrega da nova Delegacia Regional de Itapecuru Mirim e o Centro de Ressocialização Prisional de Itapecuru.

Presentes na audiência Pública estavam o Prefeito do município Magno Amorim; O Secretário de Segurança Pública (SSP), Jefferson Portela; o Delegado Geral Augusto Barros; o Comandante Geral, o Cl. Alves O Superintendente de Polícia Civil do Interior (SPCI), o delegado Dicival Gonçalves. Bem como os juízes de Direito, os doutores Fernando Mendonça, Mirela Cezar Freitas, Naiza Paes, Carla Mendes e a promotora de Justiça Flávia Nava Silva; o Secretário de Administração Penitenciária (SEJAP), Sergio Murilo; a sociedade civil organizada e demais autoridades presentes.

A Juíza Mirela Freitas disse na audiência pública que  "A Sociedade de  Itapecuru teve um grande ganho, já que a Polícia Civil efetivamente vai cumprir  o seu papel de investigação criminal, sendo que o serviço carcerário será feita na Unidade Prisional  de ressocialização com o seu corpo próprio de segurança e todos devidamente contratados após teimamento específico para a função. Tirado essa responsabilidade de cuidar dos internos da polícia civil, conseguiremos ter um grande ganho  nas investigações  e no trabalho da polícia para o seu bom desempenho", conclui-o a Juíza Mirela.

Audiência Pública em prol da segurança no município

Durante a audiência pública, o Prefeito Magno Amorim de Itapecuru repassou que “Só tem a agradecer pela mudança o qual está acontecendo nestes dias, pois a nova delegacia instalada em novo endereço e o presídio entregue hoje, já era um sonho antigo o qual se realizou”, disse o prefeito. O secretário Jefferson Portela disse que “A delegacia regional entregue hoje é um sonho para o município de Itapecuru Mirim. Todos os índices de violência no município caíram consideravelmente e esta audiência pública só enaltece o nosso serviço. Estamos em um novo tempo que está se iniciando na gestão do delegado Regional Samuel Morita e ainda com a entrega do presídio de Itapecuru”, finalizou.

Nova delegacia para o município

A nova delegacia regional entregue depois da audiência pública fica localizada na Rua Basílio Simão, nas proximidades do Banco do Bradesco, centro de Itapecuru Mirim. Com a entrega da nova delegacia, foi apresentado ainda dois novos delegados para o município, o delegado Luciano Corrêia Bastos que prestará serviços no 1º DP de Itapecuru Mirim e o delegado Carlos Albert Fontes que está assumindo a delegacia de Cantanhêde. O delegado Samuel Morita disse que “A mudança do novo endereço da delegacia regional, só tende a melhorar ainda mais o trabalho da polícia, pois traz a força de segurança para mais próximo do município” completou.


No local onde funcionava a antiga delegacia, na saída do município, está em funcionamento o Centro de Ressocialização Prisional de Itapecuru. O prédio que já está em funcionamento, receberá ainda uma ampla reforma, no sentido de que o presídio entre em funcionamento pleno.

sábado, 13 de junho de 2015

PMMA comemora 179 anos de fundação levando cidadania a moradores do Polo Coroadinho

Uma grande ação social promovida pela Polícia Militar, em comemoração aos 179 anos de fundação, movimentou os bairros do Polo do Coroadinho. A Ação Cívico Social aconteceu neste fim de semana e levou diversos serviços públicos de saúde, jurídicos, médicos e psicológicos, além de diversas atividades esportivas aos moradores de 28 bairros que compõem a localidade. Os atendimentos foram concentrados em toda a extensão do Viva do Coroadinho (Alto São Sebastião), em São Luís.

Durante a abertura do evento, o secretário de Estado de Segurança Pública, Jeferson Portela, parabenizou os policiais e destacou a importância deste tipo de ação. “Aproveito a oportunidade para parabenizar estes homens e mulheres da Polícia Militar que doam suas vidas para proteger outras vidas. Estamos diariamente, com a determinação do governador Flávio Dino, buscando melhorias para a corporação e de modo a resultar numa melhor prestação de serviço e, acima de tudo, na tranquilidade para toda a população do Maranhão”, disse.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marco Antônio Alves, também lembrou a importância de atividades que aproximam a comunidade da polícia. “Estas ações sociais são um canal de comunicação direta com a comunidade, pois trazemos os moradores para próximo da estrutura do Sistema de Segurança Pública. Além de reafirmamos nosso compromisso na construção de um policiamento comunitário e ainda demonstrar a presença do público dentro nos bairros”, mencionou.

Parcerias

A ação contou com o apoio das Secretarias de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), de Esporte e Lazer (Sedel), Corpo de Bombeiros (CBMMA), Detran e Exército, entre outros. Durante os atendimentos jurídicos realizados pela Defensoria Pública do Maranhão (DPE), os casos que necessitavam de uma intervenção jurídica foram encaminhados para serem posteriormente solucionados.

Uma equipe do curso de cabelereiro do Serviço Nacional de Aprendizagem Nacional (Senac) realizou serviços de beleza como cortes masculinos e femininos, lavagem e hidratação aos moradores que se direcionam ao stand montado na área do Viva.

Além da emissão de carteiras de identidade, uma equipe médica do Exército em conjunto com médicos e dentistas da Polícia Militar realizaram medição de aferição de pressão arterial, consultas clínicas e tratamento dentário nos moradores do bairro.

Importância

Entre os serviços ofertados, mais de 100 pessoas tiveram acesso, gratuitamente, a emissão gratuita de Carteira de Identidade. O documento foi emitido por técnicos do Viva Cidadão, órgão vinculado a Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop). Após preencher o formulário, a emissão acontecerá em uma das unidades do Viva.

A dona de casa, Lúcia Nunes, teve acesso a emissão, de forma gratuita, à carteira de identidade do filho de cinco anos e dos dois sobrinhos,  de quatro e oito anos. “Está ótimo, porque eu estou podendo tirar a carteira de identidade deles bem perto de casa e ainda de graça”, comentou a moradora.

Já o pedreiro José Ribamar Pereira, de 59 anos, destacou como ponto principal da ação social a alegria das crianças. “Além de tirar os documentos bem perto de casa, estamos podendo ver essas crianças todas felizes, vendo os cavalos da polícia e os cães”, disse o morador que levou o filho de 16 anos para retirar a carteira de identidade pela primeira vez.

 Educação no Trânsito

Uma equipe do Departamento de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) deu dicas e instruções de como evitar acidentes e falou da importância de não dirigir após o consumo de bebidas alcoólicas. Os ensinamentos foram repassados aos moradores através de jogos educativos.

Equipes do Grupo Tático Aéreo (GTA) fizeram uma apresentação com sobrevoo na região. Cadetes do Curso de Formação de Oficiais da PM, do Esquadrão de Polícia Montada (EpMont), e do Pelotão Especial de Canil e do Batalhão de Choque (BpChoque), da Companhia de Operações Especiais (COE), do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) também mostraram os trabalhos e treinamentos desenvolvidos por cada unidade de Polícia.

Crianças e adolescentes integrantes do Bombeiro-Mirim do Corpo de Bombeiros fizeram demonstrações de técnicas de preparo e defesa pessoal que fazem parte das atividades do projeto.

Estiveram presentes ainda os coroneis, Antônio Roberto dos Santos, Odair dos Santos, Jorge Luongo, comandante de Segurança Comunitária e diretores do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), respectivamente; os tenentes-coroneis Adenilson de Santana, comandante do BPA, e Becker Martins, comandante do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças; os majores Raimundo Serra e Jorge Araújo, coordenador da Unidade de Segurança Comunitária do Coroadinho e comandante da Ronda Escolar, além oficiais, praças e autoridades locais.